Blog For Demand
Sinais de que o seu armazém está desorganizado
19 de Noviembre, 2021
  • Foto:
    1 de 1
    erhöhen
    Um armazém desorganizado é a principal causa para falhas na logística. A falta de organização reduz a eficiência das operações logística, aumentando o risco de acidentes, tanto para os operários como para a mercadoria e até mesmo as máquinas.

    Quais são então os sinais de que o seu armazém está desorganizado?

     1 – Mau layout

    A configuração do armazém pode não ser a mais adequada para a realidade da empresa, o que pode comprometer o futuro do negócio. O layout do armazém deve ser flexível de modo a adaptar-se a possíveis mudanças.

    2 – Falta de aproveitamento

    Há que aproveitar o espaço disponível no armazém, principalmente na vertical. O uso de estantes de armazenagem é o ideal para preencher este espaço. Pode aceder aos produtos mediante stackers ou porta paletes, se estes estiverem em palete.

    3 – Má gestão das tarefas realizadas pelos operários

    Se as movimentações feitas pelos operários não estão devidamente coordenadas, a produtividade vai ser mais baixa. Por exemplo, se o operário não sabe onde deve armazenar determinado artigo ou se não tem materiais adequados para transportar as mercadorias. Para resolver estes problemas, convém definir muito bem os locais onde deve armazenar cada tipo de produto e informar os funcionários.

    4 – Desajustes no volume de trabalho dos operários

    Não faz qualquer sentido um operário ficar sobrecarregado de tarefas enquanto o outro tem poucas para fazer, certo? Faça uma planificação para atribuir as tarefas de modo a evitar este problema.

    5 – Falhas no seguimento da rotação de stock

    A rotação de stock é o número de vezes que este precisa de ser reposto, dentro de um determinado período de tempo. Esta tarefa é importante para analisar a capacidade de armazenagem necessária, assim como os fluxos de entradas e saídas. Num armazém desorganizado, é muito mais difícil fazer este seguimento.

    6 – Ruturas de stock habituais

    Num armazém desorganizado é comum não saber que artigos estão em stock. A consequência disto é haver ruturas de stock, provocando atrasos nas entregas das encomendas ou até mesmo não poder cumprir os pedidos dos clientes. Por isso, é necessário prestar atenção ao stock existente

    7 – Excesso de stock

    Por outro lado, temos o excesso de stock, que acontece quando há falta de controlo na hora de encomendar matérias-primas ou de produzir. Quando a empresa tem muito mais stock do que aquilo que é encomendado, os custos de armazenagem aumentam e ainda existe maior probabilidade de os artigos ficarem danificados.

    8 – Perda de stock

    Ao estar tudo desordenado, a empresa não sabe quantos nem quais produtos tem. Alguns produtos podem ficar armazenados por muito tempo e ficar obsoletos, outros podem ficar danificados. Um software de gestão de stock ajuda imenso a contornar este problema.
    Geschrieben von For Demand
      Seien Sie der Erste, der einen Kommentar schreibt
     
     
    Der Kommentar wird von der Site-Administration überprüft.
    Tags: armazém
    Tags
    Datei